Após a vitória por 2×0 em cima do Colo-Colo, do Chile, o técnico Eduardo Barros afirmou que sonha em conduzir o Athletico rumo ao inédito e expressivo título da Copa Libertadores.

O Furacão derrotou o Cacique nesta quarta-feira (23), na Arena da Baixada, pela quarta rodada do grupo C da competição continental. Com mais dois jogos pela frente na fase de grupos, caso vença mais um duelo, o Rubro-Negro já estará garantido nas oitavas de final. Um passo a mais para que o time se aproxime da “glória eterna” desejada.

+ Confira a classificação completa da Libertadores!

Em entrevista coletiva ao final da partida, Barros explicou que a busca pela importante taça da Libertadores é essencial para que o grande sonho atleticano possa ficar cada vez mais perto.

“A Libertadores é a busca pela gloria eterna. É uma conquista que o clube almeja para a sua grande ambição, que é ser campeão mundial. Então, como agentes desse movimento, temos que participar e buscar esse sonho”, destacou.

+ Podcast De Letra: Gustavo Villani se emociona ao falar do futebol paranaense

Em um evento em 2015, o presidente do clube, Mario Celso Petraglia, afirmou que até o ano de 2024 o Athletico será campeão do Mundial de Clubes. O Rubro-Negro chegou perto da conquista no ano de 2005, quando foi finalista da competição, mas perdeu a taça para o São Paulo.

+ Mais do Furacão:

+ Léo Cittadini vê Athletico retomando confiança e pede pra “manter espírito”
+ Cristian Toledo: O melhor jogo do Athletico em 2020
+ Walter nega saída do Athletico e acerto com o Goiás


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?