O Athletico pode perder um de seus profissionais mais elogiados dentro do futebol brasileiro. O analista de desempenho Bruno Baquete, no clube desde 2014 e hoje trabalhando diretamente com a comissão técnica liderada por Tiago Nunes. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fará proposta para ele ser exclusivo da seleção brasileira após a Copa América – inclusive, Baquete está ao lado de Tite durante esta competição.

+ É muito dinheiro: Chineses oferecem R$ 170 milhões por Bruno Guimarães

O analista de desempenho do Furacão faria parte do CPA, o Centro de Pesquisa e Análise da CBF, que perdeu recentemente Matheus Bachi, filho de Tite, que passou a ser auxiliar técnico, e perderá também Fernando Lázaro, que deixará a seleção para trabalhar com Sylvinho no Lyon. O nome de Bruno Baquete tem ampla aceitação na comissão técnica do Brasil, pelo trabalho que realiza desde o início da carreira (antes do Athletico, ele trabalhou no Corinthians) e pelos períodos em que trabalhou diretamente com a seleção, nesta Copa América e na Copa do Mundo do ano passado.

+ Aposta: Bruno Nazário pode ser a surpresa do Athletico no segundo semestre

A possível contratação de Bruno Baquete faz parte da reformulação forçada na comissão técnica. O coordenador Edu Gaspar vai trabalhar no Arsenal, o auxiliar Sylvinho já assumiu o Lyon e levará Fernando Lázaro com ele. O analista de desempenho trabalha no setor há nove anos, e no Furacão teve uma rápida passagem como auxiliar técnico de Claudinei Oliveira em 2015.

Bruno (primeiro à esquerda) com a comissão técnica da seleção. Foto: Reprodução/Instagram
Bruno (primeiro à esquerda) com a comissão técnica da seleção. Foto: Reprodução/Instagram

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!