Com o contrato certo com o Athletico, o atacante Renato Kayser chegará ao CT do Caju na próxima semana com a missão de fazer a camisa 9 do Rubro-Negro, novamente, ter peso. O jogador, que teve 95% dos seus direitos comprados do Cruzeiro por R$ 5 milhões, vem com o objetivo de se tornar o homem de referência do time e balançar – muito – as redes.

Aos 24 anos, o centroavante estava defendendo, por empréstimo o Atlético-GO e vinha se destacando nesta temporada. Foram dez gols em 16 partidas. A concorrência no Furacão será direta com Bissoli, Walter e Fabinho.

Missão gol

Em 2020, o Athletico não emplacou um camisa 9. O último centroavante que se encaixou na função foi o argentino Marco Ruben, com 13 gols em 42 jogos, em 2019. Foram testados na posição, neste ano, Vinícius Mingotti, Guilherme Bissoli, Fabinho e Walter – sempre entrando ao longo das três partidas que fez -, porém, nenhum deles se apropriou da vaga.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

No Brasileirão o Furacão tem oito gols assinalados em onze rodadas (média de 0,72 por jogo). A média no Brasileirão 2019 foi de 1,34 (51 gols em 38 confrontos). Além disso, de todos estes gols, apenas três foram de centroavantes.

Centroavante por opção

O jornalista goiano Juliano Moreira Victor, da Rádio Bandeirantes, detalha que o atleta, quando voltou a defender o Dragão, fez uma exigência em relação ao seu posicionamento, o que pode explicar a fase positiva que vive.

“Ele não era centroavante, mas um dos pedidos ao retornar ao Atlético-GO foi pra jogar nessa posição específica porque se sente à vontade”, detalhou à Gazeta do povo/Tribuna do Paraná.

Na opinião do repórter, não é por acaso que Kayser vem se destacando na competição.

“É rápido, tem muita movimentação, não fica parado e sabe se posicionar para cabecear. Além disso, é fisicamente forte, usa o corpo para ganhar a bola. Foi utilizando todas essas características que fez muitos gols”, arrematou.

Atacante se despediu do Atlético-GO na rodada passada, contra o Atlético-MG. Foto: Heber Gomes/Atlético-GO

Negociação com o Athletico

A saída de Renato Kayser do Atlético-GO não aconteceu de forma rápida. Após o Rubro-Negro abrir negociação com o Cruzeiro, o time goiano demonstrou interesse em mantê-lo no elenco e também fez proposta pela compra do atleta.

Por já estar adaptado ao Dragão e ser titular absoluto o jogador ficou dividido, mas o Athletico venceu a concorrência e o contrato foi assinado até o final de 2023.

De acordo com o jornalista Venê Casagrande, o Furacão fará o pagamento à Raposa da seguinte forma: uma primeira parcela de R$ 2,7 milhões será paga no dia da publicação do nome do atleta no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF. Mais R$ 300 mil serão entregues um mês após a publicação. Os outros R$ 2 milhões serão divididos em dez parcelas.

+ Mais do Furacão:

+ Petraglia e CBF discutem com presidente da Ferj e decisão sobre torcida nos estádios é adiada
+ Jadson de volta ao CT do Caju? Meia conversa com o Athletico pra poder treinar
+ Técnico explica como fez o Athletico voltar a ganhar: “olhar para os jogadores”


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?