Novo reforço do Internacional, o lateral-esquerdo Uendel foi apresentado nesta terça-feira, no Beira-Rio, e comentou as razões que o levaram a tomar a decisão de trocar o Corinthians pelo clube gaúcho. O defensor explicou que a paixão da sua família pelo Inter pesou para a troca de time.

“Não são poucos os motivos que fizeram eu sair do Corinthians. Tinha mais dois anos de contrato e estava lá há três anos. Desde o primeiro contato, disse que, se fosse do Inter, mexia com o coração. Minha família toda é colorada”, afirmou o jogador de 28 anos.

Assim, Uendel refutou os rumores de que a chegada ao Inter represente um acréscimo considerável nos seus salários, garantindo que a principal diferença em relação ao seu contrato com o Corinthians é o tempo – ele assinou por três temporadas com o time gaúcho.

“Circularam algumas notícias de que seria o dobro do salário que recebia no Corinthians, o que não é verdade. O salário é bem parecido, apenas com um ano a mais de contrato”, afirmou o jogador.

A lateral esquerda foi uma das dores de cabeça do Inter em 2016, o que levou, inclusive, a improvisação de jogadores durante a temporada, como Alex, Ernando e Ceará. Agora Uendel chega com status de titular, embora tenha a concorrência de Artur e do jovem Iago.

Uendel, porém, minimizou a pressão para sanar os problemas da posição no Inter. “Na minha posição, dependo muito do coletivo. O que temos que frisar é primeiro fazer um coletivo forte, para daí sim aparecerem os destaques individuais. O Inter tem pelo menos dois bons jogadores por posição”, comentou.

Ele iniciou a carreira no Criciúma, depois passando por Fluminense e Avaí, onde foi eleito o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Catarinense de 2010. Depois, atuou por Grêmio e Ponte Preta, onde disputou 135 jogos, até se transferir ao Corinthians no início de 2014. No clube do Parque São Jorge, conquistou o título do Campeonato Brasileiro em 2015 e disputou 116 jogos, com seis gols marcados.

Com a chegada de Uendel, o Inter já oficializou a contratação de três jogadores para a próxima temporada. Os outros foram o atacante Roberson, que estava no Juventude, e o zagueiro Neris, que defendeu o Santa Cruz no ano passado. Além disso, o meia argentino D’Alessandro retornou de empréstimo ao River Plate.