O América-MG enfim entrou no G4 – a zona de acesso. Há cinco jogos sem perder e com três vitórias seguidas, o time mineiro assumiu a terceira colocação neste sábado ao derrotar o Brasil-RS pelo placar de 3 a 0, em partida realizada no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 11.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o América-MG foi para os mesmos 19 pontos do Vila Nova, mas leva a melhor no saldo de gols (6 a 4). A sua defesa não sofre gols há quatro jogos. Enquanto isso, o Brasil-RS segue muito perto da zona de rebaixamento, com 14 pontos.

Como era previsto, o time gaúcho entrou em campo para se defender, buscando encaixar um contra-ataque para definir o duelo. Até conseguiu cozinhar o jogo, mas afrouxou nos minutos finais e acabou sendo castigado.

Aos 35 minutos, Pará cobrou escanteio, o goleiro Eduardo Martini saiu mal e a bola ficou limpa para Renan Oliveira completar para o gol.

O time mineiro se animou e por muito pouco não fez o segundo. Aos 41 minutos, Luan recebeu dentro da área e chutou. A bola desviou em Everaldo e quase encobriu Eduardo Martini. Na sequência, o ex-palmeirense teve uma segunda oportunidade, mas, desta vez, parou no camisa 1.

No segundo tempo, o América-MG sufocou o Brasil-RS e precisou de apenas oito minutos para ampliar o marcador. Pará acertou um belo chute, em cobrança de falta, no ângulo de Eduardo Martini. Se a situação do clube gaúcho já era ruim, piorou aos 35 minutos. O zagueiro Evaldo deixou o braço em Bill e acabou sendo expulso.

Com um a menos, o Brasil-RS foi completamente dominado pelo time mineiro. Aos 39 minutos, Matheusinho cruzou na medida para Bill. O atacante testou firme e mandou no travessão. A bola ainda quicou em cima da linha antes da defesa gaúcha afastar o perigo.

Mas o terceiro acabou saindo aos 45 minutos. Matheusinho foi para a jogada individual e deixou Bill de frente para o gol. O atacante só teve o trabalho de empurrar para dar números finais ao duelo.

Na próxima rodada, a 12.ª, o América-MG vai até Curitiba para medir forças contra o Paraná, na próxima sexta-feira, às 21h30. O Brasil-RS vai tentar a reabilitação diante do Santa Cruz, no mesmo dia, no Recife.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 3 x 0 BRASIL-RS

AMÉRICA-MG – João Ricardo; Christian Sávio (Ruy), Messias, Rafael Lima e Pará; Ernandes, Zé Ricardo e Renan Oliveira; Luan (David), Bill e Hugo Cabral (Matheusinho). Técnico: Enderson Moreira.

BRASIL-RS – Eduardo Martini; Wender (Ednei), Evaldo, Leandro Camilo e Breno; João Afonso, Itaqui, Rafinha, Wagner (Juninho) e Marcinho; Lincom (Rodrigo Silva). Técnico: Rogério Zimmermann.

GOLS – Renan Oliveira, aos 35 minutos do primeiro tempo; Pará, aos 8, e Bill, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luan (América-MG); Wagner (Brasil-RS).

CARTÃO VERMELHO – Evaldo (Brasil-RS).

ÁRBITRO – Sávio Pereira Sampaio (DF).

RENDA – R$ 15.811,00.

PÚBLICO – 2.950 pagantes.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).