O que tem de bom repórter fotográfico, o Átila Alberti tem de humilde. Ontem ele e a repórter Luiza Luersen voltavam de uma entrevista na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, quando o Átila viu de ‘rabo de olho’ dois daqueles “Garotos Estátuas” brincando alegremente no parquinho da Arthur Bernardes. Após três voltas na quadra, eles encontraram uma vaguinha e o click está aí. Na redação, ele me disse: “Dudu, faz daqueles textos bonitos aí pra essa foto”. Topei a parada, mas quando vi a legenda que ele pôs na foto – junto com a força da imagem – tive certeza de que não precisava nada mais do que as palavras do próprio Átila. Leiam: “Garotos Estátuas brincando no parquinho. Isso é um sinal de que a vida, por mais dura que seja, ainda não roubou os sonhos e a pureza da infância desses dois meninos”.