enkontra.com
Fechar busca

BLOGS

Tribuna do Paraná

Opinião

Tribuna do Paraná

Opinião da Tribuna sobre assuntos do cotidiano

Ônibus sem cobrador é um caminho sem volta!

  • Por Opinião

Cobrador-de-onibus É mais ou menos nesse clima que se discute a modernização do sistema de bilhetagem do transporte coletivo de Curitiba. Algo necessário, um caminho sem volta, que pode render benefícios a todos os envolvidos.

A principal melhoria vem no campo da segurança. O cartão-transporte, já utilizado por uma imensa maioria de usuários, passaria a ser o único meio de pagamento. E, com menos dinheiro circulando, diminui também a fome dos bandidos.

A vida de todos tende a ficar mais fácil e ágil na hora de embarcar no ônibus, sem a necessidade de contar dinheiro e conferir o troco. Basta entrar, encostar o cartão e passar pela roleta. Nas estações-tubo também.

A modernização abre oportunidade para que os funcionários que, atualmente, passam o dia sentados contando dinheiro, com suas vidas em risco, se qualifiquem pra desempenhar outras funções, inclusive com maiores ganhos.

E aqui chegamos ao grande xis da questão. É claro que toda evolução implica em mudanças, especialmente na vida das pessoas. É inevitável. Mas é burrice pensar que toda transição reflete apenas impactos negativos. Os cobradores estão bradando aos quatro cantos que a ampliação da bilhetagem eletrônica é o fim desta categoria de trabalho, o que é uma grande mentira. Curitiba conta com cerca de 3,4 mil cobradores. Destes, 2 mil serão afetados pelo sistema de cobrança eletrônica. Os postos de trabalho em terminais e estações-tubo serão mantidos. Apenas os ônibus deixarão de contar com cobradores embarcados.

E mais: atualmente, mais de 60% dos usuários do sistema de transporte da nossa capital já utilizam o cartão transporte. Isto é: de cada 10 passageiros que embarcam num ônibus, apenas quatro pagam com dinheiro. Os outros seis encostam o cartão no sensor e passam direto pela roleta. Na realidade, muitas vezes nem bom dia dão ao cobrador, reles espectador neste momento.

Impossível, portanto, não ser favorável à medida proposta. A prefeitura, através da Urbs, só tem que cuidar pra aumentar consideravelmente o número de postos de venda e carregamento dos cartões. Torcemos, também, pra que os atuais cobradores se redescubram e se qualifiquem pra novos desafios. As próprias empresas se comprometeram, na última Convenção Coletiva de Trabalho, a ajudar nisso. Vale a pena evoluir.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar

32 Comentários em "Ônibus sem cobrador é um caminho sem volta!"


Alexandre De lima
Alexandre De lima
8 dias 4 horas atrás

Sabe acredito que a policia federal e o ministério público deveria se pronunciar.
Fazer uma investigação para saber o quanto estão ganhando em dinheiro vivo . Todos os envolvidos . Incluindo o jornalista desta matéria. Dinheiro Maldito compra tudo é todos.

Alexandre De lima
Alexandre De lima
8 dias 4 horas atrás

Faça seu papel de jornalista saia da mesa e vá a campo, nas delegacias ver quantos pessoas são assaltadas todos os dias nos ônibus. Se informe melhor antes de fazer uma matéria dessa. Veja oque a URBS e a prefeitura faz pela segurança. QUER UMA MATERIA VA ATRAS SABER PORQUE AS CAMERAS DE TUBO E ÔNIBUS NAO FUNCIONA? Foi você que falo sobre segurança. Sobre cartão transporte faça aí mesmo perto do escritório uma pesquisa qual a aviação do cartão transporte . Veja os usuários não estão satisfeitos. Seja homem e pública isso.

Oldboy
Oldboy
8 dias 7 horas atrás

Vão continuar ROUBANDO dentro dos ônibus Tribuna Fake News. Vão roubar o dinheiro, celular, relógio do Povão, sem se preocupar com o cobrador. Essa é a argumentação falsa que as empresas querem vender. Vai ter, ainda, arrastão, assédio sexual, pedidos de doação, gente vendendo porcarias e pseudo cantores dentro dos ônibus… e as empresas não estão nem aí com os passageiros… Que venham as VANS.

Pabllo Vittar
Pabllo Vittar
8 dias 8 horas atrás

RPC sendo RPC, nada de novo… Não é a toa que aquele outro jornaleco saiu de circulação por falta de venda e a TV decadente perdendo em audiência até pra rede do pastor…

Guilherme Rocha loures
Guilherme Rocha loures
8 dias 9 horas atrás

Tribuna cagand. e andando para as 6 mil famílias que ficarão no olho da rua. Esse é o pensamento do grupo globo rpc, da qual a tyribuna é filiada: Pau no uc dos pobres…. Essa é a mídia canalha que elegeu jair incitatus presidente. Pau no uc dos pobres!

Solon da Silva Brasileiro
Solon da Silva Brasileiro
8 dias 9 horas atrás

A Tribuna poderia gastar parte desse entusiasmo e esclarecer como a prefe vai disponibilizar cartões a venda para quem nem nasceu na cidade e quem não mira.
De cada dez usuários, quatro ficarão a pé e garanto sem acesso facil ao bendito cartão transporte. Tanto orgãos municipais quanto a imprensa ainda acham que Curitiba tem 15.000 habitantes

Carlos Gomes
Carlos Gomes
8 dias 10 horas atrás

Infelizmente é um caminho sem volta mesmo, problema é o momento que querem discutir isso (situação complicada de desemprego), de qq forma a segurança só vai se refletir para urbs pois em cidades que mudaram sistema para cartão somente os alvos mudou em assaltos para os passageiros, o ruim é: 1 – pessoas perdem emprego, 2 – passagem não baixa e 3 – segurança piora (para passageiros)

Edson Oliveira
Edson Oliveira
8 dias 7 horas atrás

Perfeito !! Disse tudo, Carlos Gomes. Bem isto mesmo.
E, com toda certeza, o Sindicato das Empresas de ônibus estão pagando muito bem aos jornalistas e jornalecos, para enaltecerem os “benefícios” do lucrativo esquemão.

Julio Cesar
Julio Cesar
8 dias 10 horas atrás

Onde estão os datilógrafos, os telegrafistas, limpadores de chaminé, guarda freios ( a maioria nem deve saber do que se trata), ascensoristas e mais recentemente até os jornaleiros…
O mundo muda e as profissões também.

Observador Dec
Observador Dec
8 dias 11 horas atrás

é uma delícia ler o mimimi desse bando de v@g@bundos, petralhas e sindicalistas…
Vão ter que trabalhar KKKKK

ever mar
ever mar
8 dias 9 horas atrás

so pensa na desgraça alheia dos outros

Guilherme Rocha loures
Guilherme Rocha loures
8 dias 9 horas atrás

Pobre de direita é uma merda, olha o nível intelectual desse chorume humano!

Rogerio Reksidler
Rogerio Reksidler
8 dias 7 horas atrás

Pobre de esquerda, zumbi doutrinado a falar asneira…mimimi.. e vai continuar pobre acreditando nos petralhas…

Oldboy
Oldboy
8 dias 7 horas atrás

Nada ver com direita… não prejulgue…

Helton Guimaraes
Helton Guimaraes
8 dias 11 horas atrás

Acho que é a evolução natural, porém o sistema novo deveria aceitar cartão de débito bancário, pois nem todas as pessoas usam regularmente o transporte publico e não possuem o cartão transporte.

Carlos Gomes
Carlos Gomes
8 dias 9 horas atrás

Não só débito como as opções de crédito e ainda pagamento com equipamentos via NFC, sair o cobrador e não oferecer mais opções de pagamento fica bem complicado.

Falou Tomou
Falou Tomou
8 dias 8 horas atrás

Concordo em partes com as duas observações acima mais pergunto:
O custo\beneficio usando cartão bancário ou de crédito será impassível de solução de problemas em qualquer tipo de posto de atendimento incluindo banco 24 horas sem custo adicional, banco da rede do usuário ou internetbanking…..

Falou Tomou
Falou Tomou
8 dias 8 horas atrás

Ou no caso do NFC haverá qual modalidade de seguro e abrangência também, afinal manter ou portar um celular com esta tecnologia em Curitiba também não é do agrado de todos os moradores, visitantes, etc. da capital!!

wpDiscuz

Últimas dos blogs

Diogo Souza

Direto do Octógono

Diogo Souza

Notícias sobre o mundo da luta. Tudo sobre artes marciais, MMA, UFC e outros campeonatos e eventos.

·

Lutadora russa morre eletrocutada após iPhone cair no banho

Levi Mulford

Suburbana

Levi Mulford

Notícias e curiosidades do futebol amador, jogado nos bairros de Curitiba. Campeonatos, tabelas e fotos antigas .

·

A maior goleada

Claudia Silvano

Tribuna do Consumidor

Claudia Silvano

Dicas e análises sobre direitos do consumidor

·

Para o presente de natal não virar um mico

Últimas Notícias

Mais comentadas