enkontra.com
Fechar busca

BLOGS

Diego Petri

Não é Spoiler

Diego Petri

Tudo sobre a programação dos cinemas, o que tem para assistir na NetFlix, filmes e séries! Aqui não faço spoiler, acompanhe!

Operação Overlord é a volta do terror trash no cinema

  • Por Diego Petri
Operação Overlord. Foto: Divulgação

De fato a Segunda Guerra Mundial ainda tem muita história para contar. As mais polêmicas são segredos de Estado; outras atrocidades são guardas em respeitos as vítimas, ainda mais quando se trata sobre aquelas pessoas que tiveram familiares torturados pelo governo nazista.

Da sala de aula para as telonas, quem aqui nunca viu um filme sobre as tragédias causadas nos países europeus entre 1939-45? “A Queda! As Últimas Horas de Hitler” (2005), “Bastardos Inglórios” (2009), “A Lista de Schindler” (1993) e “Dunkirk” (2017) são ótimos exemplos.

LEIA MAIS: O Doutrinador mostra que a política vai muito além da política

Claro que o cinema já foi além e criou algumas histórias conspiratórias. Mas uma coisa é certa. Os experimentos que ocorreram contra judeus, ciganos e homossexuais “em nome da ciência” trouxeram vários relatos bizarros e chocantes.

Operação Overlord” é um dos filmes que retrata mais ou menos isso de forma pictórica. O longa que estreia nesta quinta (8) mostra uma tropa de paraquedistas americanos que vão a uma cidade francesa a fim de acabar com o domínio nazista na região, porém acabam descobrindo um experimento monstruoso. Veja o trailer:

Do mesmo produtor de “Missão: Impossível – Efeito Fallout” (2018), “Star Wars: O Despertar da Força” (2016) e a série “Westworld”, J.J. Abrams, “Operação Overlord” ainda conta com o roteiro de Billy Ray (Jogos Vorazes) e Mark L. Smith (O Regresso). O elenco é formado por Pilou Asbæk (Game of Thrones) Jacob Anderson (Game of Thrones), Jovan Adepo (Mãe!) e a estreante Mathilde Ollivier. A direção é do tão pouco conhecido Julius Avery, que inclusive trabalha na nova adaptação de Flash Gordon.

VEJA TAMBÉM: Você precisa ter estômago forte para ver A Casa do Medo

Boyce, interpretado por Jovan Adepo, é o típico protagonista pueril que chega a ser chato em alguns momentos do filme. Já Dr. Wafner, papel de Pilou Asbæk, é um ótimo vilão. A mocinha da trama, Chloe, personagem de Mathilde Ollivier, é a representação do feminismo da época. Inteligente, guerreira e destemida.

Operação Overlord. Foto: Divulgação

Operação Overlord. Foto: Divulgação

O longa se destaca pelo sonoro ótimas tensões no público, peca nos efeitos visuais em algumas partes da trama. O roteiro deixa um pouco a desejar. O filme de Avery é uma mistura de “War of the Dead” (2011) com “O Exército das Trevas” (2013). Não é criativo.

Mesmo assim, quem é fã de filmes sobre Segunda Guerra Mundial em um universo trash e gore. “Operação Overlord” é a boa da vez.

Avaliação: ⭐⭐⭐
Pra quem gosta: terror
Pra assistir: com amigos
Filmes/Séries semelhantes:  Ghoul – Trama Demoníaca, Madrugada dos Mortos e Um Drink no Inferno.

Novo Halloween é a continuação que faltava

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas dos blogs

Dartagnan

Triboladas

Dartagnan

O mundo do Darta e seus amigos. Piadas, abraços, memes e muito humor

·

Nova definição de macho

Zanon Macedo

Emagrecer é pra já!

Zanon Macedo

Dicas para emagrecer, dietas e exercícios para ajudar você a perder peso com saúde. Leia no blog “Emagrecer é pra Já” da Tribuna do Paraná

·

Você não precisa ser chato para emagrecer!

Levi Mulford

Suburbana

Levi Mulford

Notícias e curiosidades do futebol amador, jogado nos bairros de Curitiba. Campeonatos, tabelas e fotos antigas .

·

Próxima fase

Últimas Notícias

Mais comentadas