Nas últimas duas semanas conversamos sobre alguns dos motivos mais comuns que impedem as pessoas de emagrecer e a cumprir as promessas de perder os quilinhos extras ao longo do ano.

Hoje trago o terceiro motivo que impede as pessoas de emagrecer definitivamente.
Primeiro precisamos entender que não basta fechar a boca e diminuir a quantidade de comida ingerida, essa é apenas uma parte do processo de emagrecimento.

Estratégias como essa fazem inicialmente perder peso, mas depois recuperar todo peso perdido, é necessário um estudo e um planejamento para que ocorra uma reeducação alimentar e garantir que o corpo receba os nutrientes necessários para uma boa saúde.

Mas você deve estar se perguntando qual é o terceiro motivo, e ele é nada mais que o tipo de exercício físico que você faz. Parece simples né? Mas deixa eu te explicar melhor.

+ Veja também: Os motivos que não te deixam emagrecer – Parte 1

O exercício pode potencializar seus resultados de emagrecimento, da mesma forma que pode te desmotivar. Quando não se executa o exercício da forma correta, os resultados de emagrecimento não aparecem! Consequentemente é natural que a pessoa desista do exercício físico.

Porém executando o exercício correto, na intensidade correta você conseguirá transformar seu corpo numa máquina queimadora de gordura.

Com o exercício correto seus músculos consumirão energia para se tornar mais fortes, acelerando o seu metabolismo e emagrecendo com maior facilidade e velocidade.

+ Acompanhe a série: Os motivos que não te deixarão emagrecer em 2020 – Parte 1

Outra vantagem do exercício feito de maneira correta, como em alta intensidade, é tornar o corpo mais rígido e menos flácido, ganhando tônus muscular, diminuindo a celulite e a gordura localizada. E especialmente acelerando o metabolismo, o que ajuda com que não ocorra o efeito sanfona.

Então se você quer emagrecer definitivamente utilize as estratégias corretas e eficientes de emagrecimento, sempre buscando a saúde e a consistência, assim você se tornará não apenas mais magro, mas muito mais saudável e de bem com a vida.

Um abração e até a próxima semana.