Ficar 13 anos no UFC não é tarefa fácil pra qualquer um. O cearense Thiago “Pitbull” Alves pode bater no peito e agradecer por estar todo esse tempo no maior evento de MMA do Mundo.

Após vencer em sua terra-natal em fevereiro, o peso-leve fez o clássico Brasil x Argentina contra Laureano Staropoli, na noite deste sábado, pelo UFC 237, no Rio de Janeiro.

O “hermano” havia estreado recentemente no Ultimate e já se gabava de ter garantido um bônus de “Luta da Noite”, quando brilhou diante de seus compatriotas.

A luta

Quem ditou o ritmo do combate no primeiro round foi o argentino. Laureano mostrou ter bastante desenvoltura no jogo de pernas e aplicou bons chutes no brasileiro. Thiago Pitbull parecia estar apático no confronto.

A história se repetiu no assalto seguinte. O problema é que o brasileiro ainda tomou um knockdown. Mesmo assim, Pitbull se recuperou e esboçou uma reação no minuto final.

A chinela comeu solta no terceiro round. Thiago Pitbull viu que tinha que correr atrás do prejuízo e foi pra cima. Porém, ele não conseguiu se recuperar e acabou perdendo na decisão unânime dos árbitros.