Para quem sempre sonhou em conhecer o Deserto de Atacama, situado no Norte do Chile e considerado o mais árido do mundo, abril pode ser um bom período já que os preços estão mais baixos. Situado entre as Cordilheiras Domeyko e dos Andes, o Atacama é dominado por uma zona de altas pressões, que impede a entrada de nuvens, por isso não chove. Os períodos de estiagem surpreendentemente chegam a quatrocentos anos.

Em contrapartida, o Atacama é um dos lugares com maior visibilidade, enxerga-se longe, a mais de quarenta quilômetros de distância e, à noite, a observação astronômica é perfeita. Tudo por causa da baixíssima umidade relativa do ar. Outras atrações são o oásis do rio Loa; o Salar de Atacama, a maior salina do Chile; o Vale da Lua e os Geisers Del Tatio, um campo com fissuras de onde saem jatos de vapor. Ainda nos Geisers, são igualmente impressionantes os poços de água fervente.

Para abril, há um pacote de viagem de sete dias, sendo quatro noites de hospedagem no Hotel Explora, em San Pedro de Atacama, e duas em Santiago, no Hotel Sheraton. O Hotel Explora foi construído no oásis Larache, em pleno deserto. Além de sua estrutura de lazer, o hotel oferece diariamente de seis a oito alternativas diferentes de passeios pelo deserto, com duração e nível de dificuldade variados. Todos com acompanhamento de guias bilíngües (inglês e espanhol).

O pacote de viagem, da operadora Expedition, inclui as passagens aéreas, traslados, hospedagem no Hotel Sheraton Santiago, com café da manhã, quatro noites no Hotel Explora em Atacama com quatro refeições por dia e mais passeios. Para embarques em abril, o preço por pessoa, em apartamento duplo, é US$ 2.106. Mais informações: (11) 3253-2128 ou consulte seu agente de viagens.