enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Fiscalização

Radares móveis serão usados no binário Mateus Leme-Nilo Peçanha

Decisão foi tomada após reclamações de excesso de velocidade

  • Por Redação Gazeta Do Povo

As reclamações constantes de excesso de velocidade no binário Mateus Leme-Nilo Peçanha, que passou a funcionar no fim de novembro, em Curitiba, levaram a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) a decidir pelo uso de radares móveis na região. A prefeitura não vai divulgar a data de começo da operação, mas afirmou que a utilização dos equipamentos, já nas próximas semanas, faz parte de uma campanha educativa que percorre vários pontos da cidade.

Leia também:

Binário Mateus Leme melhorou o trânsito? O para pedestres e passageiros de ônibus?

Binário congestionou trânsito nos primeiros dias

No binário, em trechos em a velocidade máxima permitida varia entre 60 e 70 km/h, moradores denunciam que alguns motoristas passam dos 80 km/h.

De acordo com a Setran, os radares móveis – aqueles que ficam apoiados por tripés e podem ser deslocados por vários pontos – vão ser usados pelo tempo que as equipes acharem necessário. Portanto, não há um período definido de fiscalização no trecho, que se tornou local perigoso por causa da velocidade alta.

Leia também:

Teve até acidente no primeiro dia de binário

Com a transformação da Nilo Peçanha e da Mateus Leme em vias de mão única (a Nilo Peçanha em direção ao Centro e a Mateus Leme sentido bairros São Lourenço e São Francisco), condutores pisam no acelerador, denunciam moradores e comerciantes. Além de acidentes constantes, a situação piorou o trânsito de pedestres. Reportagem da Gazeta do Povo mostrou recentemente que quem percorre a região a pé diz que falta sinalização e também critica a fiscalização.

Comércio

Outro impacto da implantação do binário foi sentido pelos comerciantes. Muitos alegam que a retirada das vagas de estacionamento da Nilo Peçanha fez despencar as vendas. Em alguns estabelecimentos, o movimento caiu 80%, tornando inviável a continuidade dos negócios.

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Radares móveis serão usados no binário Mateus Leme-Nilo Peçanha"


Ma_no
Ma_no
5 meses 7 dias atrás

Como dizem:quanto se acha que nada pode piorar, a barata começa a voar! E eles dizem que farão faixas para pedestre mas tem que fazer faixa com travessia elevada!É uma piada fazer faixa no meio dar rua, com carros a 60km esperando que eles consigam frear para os pedestres passarem, sem levar batida.

Rafael Gomes
Rafael Gomes
5 meses 7 dias atrás

A prefeitura esta mais preocupada em arrecadar do que fazer melhorias, esse cruzamento na foto deveria ter uma trincheira ou viaduto, porém vão implantar radares para pegar o menos avisados em horários alternativos, geralmente tem trânsito na região, esta é a gestão Greca, arrecadar!

Leonardo da Silva
Leonardo da Silva
5 meses 7 dias atrás

Tem que ser usado em mais vias, em vez de ficarem enchendo avenidas de lombadas. Lombada é coisa de quinto mundo. Tem que botar no rabo desses motoristas irresponsaveis

tkt_d33_149916
tkt_d33_149916
5 meses 7 dias atrás

Este local merece um viaduto. Quem não quer pegar a Mateus Leme? Tem de fazer balão lá em cima e voltar. Coisa de burro! Faz viaduto e para de mobilizar Polícia e roubar $$ de quem quer dirigir sem cabresto

Julio
Julio
5 meses 7 dias atrás

Gosta de dirigir sem cabresto? Além de muar é rebelde também.

Leonardo da Silva
Leonardo da Silva
5 meses 7 dias atrás

Dirigir sem cabresto é ter licença pra matar no transito?

mercius
mercius
5 meses 7 dias atrás

40k/h,isto é a alta velocidade agora vai ser 20k/h e os próprios agentes reclamam no 156 ai tem argumento e estatística para colocar os radares,os governos e instituições não enganam mais ninguém mandam os próprios funcionários fazerem as reclamações,to sabendo já.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas