enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Hospital Evangélico

Após ser absolvida pela Justiça, Doutora Virgínia vai processar Estado por danos morais

Médica foi acusada de antecipar mortes na UTI do Hospital Evangélico e vai processar o estado por danos morais. MP-PR vai recorrer da absolvição

  • Por Gazeta Do Povo
Foto: Átila Alberti

A médica Virgínia Helena Soares de Souza, absolvida da acusação de provocar mortes de ao menos sete pacientes que estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Evangélico de Curitiba, vai processar o estado do Paraná e União por danos morais. A informação foi divulgada pelo seu advogado Elias Mattar Assad, em uma coletiva na manhã desta sexta-feira (21). “Vamos propor uma ação de indenização contra o estado de forma pedagógica”, garantiu o defensor.

Assad justifica que durante o período em que foi acusada, Virgínia não ficou afastada apenas da medicina intensiva, mas se impôs uma série de restrições na vida pessoal. “As poucas vezes que ela saiu, tentou passar desapercebida, mas parecia uma procurada em seu território. Ela se auto-impôs uma prisão”, afirmou. O advogado também ressaltou que ela não deve voltar a exercer a medicina e lembrou que a médica já ganhou uma ação trabalhista contra o Hospital Evangélico, no valor de R$ 4 milhões.

Ministério Público vai recorrer da decisão judicial

A decisão pela absolvição de Virgínia foi tomada pelo juiz Daniel Surdi de Avelar, da 2ª Vara do Júri de Curitiba. Ele concordou com a argumentação da defesa, de que faltavam provas. O Ministério Público do Paraná (MP-PR), no entanto, afirma que vai recorrer da decisão em um prazo de até 15 dias. “Respeitamos a decisão do juíz, mas não concordamos. Pretendemos receptor a um colegiado porque, com todo respeito ao juízo, a prova produzida não foi analisada de forma correta. Temos confirmação de que essa decisão será reformada”, disse Paulo Sérgio Markowicz de Lima, promotor que atuou no caso.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

30 Comentários em "Após ser absolvida pela Justiça, Doutora Virgínia vai processar Estado por danos morais"


Vinícius
Vinícius
1 mês 22 dias atrás

Isso não é verdade, é normal mesmo os médicos “apressarem” pacientes terminais naquele hospital para liberar leito já que o estado não libera recursos, mas o que muitos não sabem é que quem apostava racha com o ribas carli filho era o governador Beto Richa… continua…

Vinícius
Vinícius
1 mês 22 dias atrás

x

João
João
3 meses 28 dias atrás

Ricardo, pelo jeito você é mais um que tem político de estimação. Mulher de malandro você. Apanha mas não larga. Eleitor do Beto e do Aécio, certo?

Santos Cap
Santos Cap
3 meses 28 dias atrás

Essa ” médica ” é a pessoa certa para cuidar da saúde dos presos da Lava Jato , principalmente a do lula.

Marlon
Marlon
3 meses 29 dias atrás

só não esqueçam que foi ela quem assinou o exame do Carli filho.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas