enkontra.com
Fechar busca

Atlético

Atlético Paranaense

Atlético Paranaense

Pesando no bolso

Ser sócio-torcedor do Atlético não tá valendo a pena

Estudo do banco Itaú BBA, divulgado com exclusividade pela Tribuna, mostra que planos mais caros do Atlético não são vantajosos pro torcedor

  • Por Juliana Fontes
Uma das últimas ações dentro da Arena foi a implantação do sistema biométrico de identificação. Foto: Albari Rosa

Para os torcedores do Atlético que pensam apenas no lado financeiro, ser Sócio Furacão VIP pesa mais no bolso do que comprar ingressos avulsos a cada jogo realizado. Foi o que mostrou um estudo feito pelo banco de investimentos Itaú BBA, enviado, no Estado, apenas à Tribuna do Paraná. O levantamento também apontou que o associado das categorias Furacão e Furacão Fan só não ficam no prejuízo, caso forem à Arena da Baixada em, pelo menos, 18 jogos no ano.

Para a pesquisa, foram analisadas 41 modalidades de planos de oito clubes brasileiros da Série A. Os resultados foram obtidos a partir da comparação do valor do ticket médio do ingresso ao preço anual cobrado ao associado, e tiveram como base partidas realizadas em 2017. Para que a média entre os valores fosse calculada, levou-se em consideração o número de jogos ocorridos no estádio dos participantes, ou seja, os jogos ‘em casa‘. O único time paranaense no estudo é o Atlético.

Uma das últimas ações dentro da Arena foi a implantação do sistema biométrico de identificação. Foto: Albari Rosa

Uma das últimas ações dentro da Arena foi a implantação do sistema biométrico de identificação. Foto: Albari Rosa

Para a análise sobre o Furacão, a pesquisa levou em conta o valor individual do ingresso avulso a R$100, tendo como base os jogos do Atlético contra o Flamengo, realizado no dia 28 de maio e contra a Ponte Preta, que aconteceu no dia 23 de julho. Considerando que foram 36 jogos realizados na Arena da Baixada na temporada, entre diversas competições, e com o plano no valor anual de R$ 1.800,00 (R$ 150 no mês), o Sócio Furacão e Furacão Fan precisaria ir a, no mínimo, 18 jogos para que seu investimento tivesse retorno. Ou seja, a opção é boa para aqueles que são presença frequente no estádio.

Já para quem paga o Sócio Furacão VIP, que custa R$ 4.200,00 no ano (R$ 350 mensais), seria necessário ir a 42 jogos em casa para que o valor custeado compensasse monetariamente, um número impossível de ser alcançado, uma vez que fica acima da projeção de jogos realizados.

Cesar Grafietti, superintendente de Crédito do Itaú BBA e responsável pelo levantamento, explica que existem diferentes aspectos para se avaliar o quão vantajoso é se tornar sócio de um time. “A atratividade dos programas de sócio-torcedor está ligada a dois aspectos: financeiro e esportivo. Financeiramente, é mais vantajoso quanto mais vai ao estádio e quanto maior o preço do ingresso cheio. Esportivamente, quanto melhor o desempenho do clube e quanto mais finais ele atingir, mais atrativo o programa, pois nesses momentos o preço tende a subir. Além disso, melhor desempenho significa maior demanda, e programas que garantem lugar no estádio são um conforto a mais. Paga-se pelo ’seguro’ de ter acesso aos jogos mais importantes”, explicou o executivo.

Somente sócios na arquibancada?

Outro número que chamou a atenção no estudo foi o da porcentagem de sócios-torcedores presentes nos jogos do Atlético. Nas partidas analisadas, em média, 79% do público presente era composto por associados. Entre os clubes analisados, esse número fica apenas atrás do Corinthians, que compõe sua arquibancada com 90% de sócios.

Esse dado pode ser visto sob dois pontos de vista: o primeiro é que os sócios realmente fazem valer seu investimento e estão presente em mais jogos do Atlético. Já o segundo, diz que, com os ingressos caros para quem quer ir esporadicamente às partidas, o público atleticano fica restrito àqueles que podem desembolsar o valor de associado. Ou seja, os torcedores que vão casualmente à Arena da Baixada acabam por serem afastados do estádio.

A diretoria rubro-negra não divulga o número de sócios-torcedores, mas em outubro de 2017 (o número mais recente encontrado), o Atlético contava com, aproximadamente, 22.500 sócios, segundo reportagem divulgada pelo GloboEsporte.com. Neste momento, o clube brasileiro com o maior número de sócios é o Grêmio, com 137.440 associados.

teste1-1

ranking1

Para a organizada

No Atlético, a categoria de sócio-torcedor Furacão Fan foi criada especialmente para a torcida organizada Os Fanáticos. Pensando em concentrar a festa da torcida atleticana e visando a oferecer preços atrativos aos que promovem a festa nos jogos, o setor Buenos Aires Inferior teve as cadeiras removidas, logo após a Copa do Mundo, para que os torcedores pudessem ter acesso aos jogos por preços populares.

O plano deveria ser o mais barato oferecido, porém, em setembro do ano passado, a diretoria majorou os valores, o que desagradou a torcida que, inclusive, realizou diversos protestos em reação aos novos preços praticados.

Ingressos caros

O estudo também comparou os valores dos ingressos à renda dos brasileiros. Para a população mais carente, que recebe até um salário mínimo (R$937,00), assistir ao seu time do coração no estádio pode significar comprometer uma parcela expressiva de sua renda. Nesse quesito, o Atlético ficou em terceiro lugar como o clube que pratica os preços mais caros dos ingressos, equivalendo a cada entrada em um jogo, a 11% do salário mínimo. O Palmeiras ficou em primeiro lugar com 16%, e o Corinthians em segundo, com o valor de seu ingresso correspondendo a 12% do salário mínimo brasileiro.

Vantagens

Apesar de nem sempre significar vantagem monetária, os torcedores que se associam aos times do coração contam com benefícios – inclusive imateriais – que podem fazer valer cada centavo investido. Em ações de marketing, por exemplo, é comum que os sócios possam ir aos Centros de Treinamento, conheçam de perto seus ídolos e até entrem em campo ao lado dos jogadores que admiram.  Além disso, os associados, na maioria dos planos analisados, também podem interferir diretamente no futuro do time que torcem, pois têm direito ao voto nas eleições.

Outros benefícios garantidos aos associados do Atlético, por exemplo, são os descontos na loja oficial do clube, cadeira com o nome do torcedor, descontos em empresas parceiras e a participação em ações de relacionamento.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

95 Comentários em "Ser sócio-torcedor do Atlético não tá valendo a pena"


a maior torcida doPrCoxa
a maior torcida doPrCoxa
3 meses 11 dias atrás

agora os poodles tem no máximo 12 mil sócios pó de arroz

verdão amor da minha vida
verdão amor da minha vida
3 meses 12 dias atrás

o dia que for 100 o plano de socio eu volto a ser socio mais uqe isso é caro, time ruim sem nenhum atrativo e todos os anos briga para não cair ou para ficar ali na briga por uma vaga na sula americana que não se preparam e acabamos passando vergonha contra times de menor expressão no futebol.

verdão amor da minha vida
verdão amor da minha vida
3 meses 12 dias atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk deve ter sido um coxa que fez essa pesquisa, só pode. o inveja kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

João
João
3 meses 12 dias atrás

Não vale a pena, haha
42 jogos para compensar o sócio vip.
Oi? Custa 350 reais o bilhete avulso, em 12 jogos pagou.
18 jogos é menos que 1 turno do Brasileirão, leva de brinde o lixo do paranaense, SulAmericana/libertadores e copa Brasil
Bom dia Juliana Fontes, mas antes consulte outras fontes

LUCIANO
LUCIANO
3 meses 12 dias atrás

Tem um pequeno erro no seu comentário.
Como somente temos ingressos como sócio para os jogos como mandante, temos 19 jogos no total do Brasileirão para ir como sócio.
Neste caso 18 jogos são todos os como mandante, com possibilidade de 1 ausência.

João
João
3 meses 12 dias atrás

Vergonha alheia, matéria tendenciosa e errada, esse analista do Itaú pode pedir a conta… Não verificou as informações. Perigoso demais isso.
E O Jornalista também, irresponsável.

Favor verificar os valores do sócio vip avulso.

MANCHETE SEM VERGONHA.
A cara do Jornalismo RPC

1 2 3 12
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas