O cadáver estava em um areal, na Lapa.

Os urubus que sobrevoavam um areal, na região de Lagoão,na Lapa, chamaram a atenção de um chacareiro na tarde de sábado. Ao caminhar até o local, por volta das 13h30, ele encontrou o corpo de uma mulher, em avançado estado de decomposição. De acordo coma perícia, a vítima aparentava ter cerca de 40 anos e estava morta há cerca de dez dias. A causa da morte só poderá ser apurada depois de exames complementares no Instituto Médico Legal (IML). A mulher que usava um vestido cor-de-rosa e uma camisa da mesma cor, foi identificada extra-oficialmente como Maria Kenop.

Polícia

De acordo com informações repassadas aos policiais militares, ela não era moradora da região. “Ninguém a conhecia, apenas a viram andando sozinha por aqui, há uns 10 dias. Esta é uma região próxima a cavas, um local ermo, de difícil acesso, cheio de lama e por isso o corpo só foi encontrado por causa dos urubus”, disse o soldado Cristani. O caso será investigado pela delegacia do município.