O escort entrou na rodovia e foi destruído.

Uma travessia equivocada causou uma tragédia aos 15 minutos da madrugada de ontem, na BR-116, em Campo do Santana. Quatro amigos, moradores em Araucária, morreram quando o Escort que ocupavam foi atingido em cheio por um caminhão, no quilômetro 120 da rodovia. Eles teriam deixado uma rua vicinal de terra e cruzado a pista sem parar.

A versão foi dada por Luiz Pedro Pellizer, 39 anos, motorista da Scania 112 placa IHA-8194, de Flores da Cunha (RS), carregada de móveis. Segundo ele, o Escort AAC-9793, de Araucária, vinha pela Rua Vereador Ângelo Burbelo e atravessou a pista da rodovia no sentido Fazenda Rio Grande-Curitiba. “Acho que ele (motorista do Escort) não percebeu que tinha a rodovia e passou sem ver. Ainda freei, mas o carro entrou direto na Scania”, disse o caminhoneiro gaúcho. Após o impacto, o caminhão ainda desgovernou-se e bateu no muro de uma transportadora próxima. Luiz não sofreu ferimentos.

Todos os quatro ocupantes do Escort morreram no hora: o motorista Edimar Rogério Arenas, 25 anos; Anderson Aparecido Alves Ferreira, 21; Admílson Garcia Godoy, 21, e um quarto identificado apenas como Leandro. Segundo parentes de Edimar, os rapazes eram amigos e meia hora antes deixaram o bairro Costeira, em Araucária, onde moravam. O motorista não saiu embriagado, de acordo com a família, e o destino dos rapazes era desconhecido.