Foto: Reprodução
Aluísio nega o crime.

Um suspeito de ter participado do latrocínio que resultou na morte de Edson Nascimento, 23 anos, em outubro deste ano, está preso na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). Aluísio Martins Filho, 20 anos, foi detido na última quinta-feira, em Campo Largo, acusado de ter envolvimento no assalto contra um ônibus, acompanhado por dois adolescentes. O acusado seria liberado da prisão por falta de provas, mas como a DFR já estava atrás dele, Aluísio foi transferido para Curitiba.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, há indícios de que Aluísio tenha participado do latrocínio, mas não diretamente. ?Foram outros dois que entraram no mercado e cometeram o crime?, explicou o delegado. Esses indivíduos seriam conhecidos como ?Japa? e ?Neguinho? ou ?Marquinho?, e são procurados pela DFR. Ele negou qualquer envolvimento na morte de Edson.

Crime

Eram 19h40 de 18 de outubro, quando dois marginais invadiram o mercado situado no Conjunto Colibri, Vila Augusta. Eles se aproximaram do caixa e, sem dizer nada, dispararam contra Edson. Após o tiro, os marginais ordenaram que fosse entregue o dinheiro e fugiram a pé.