enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Seqüestrado na porta do banco

  • Por Bia Moraes
O kadett foi abandonado no local
conhecido por Barra do Capivari.

Ladrões armados continuam agindo na região do Bacacheri, praticando assaltos e seqüestros-relâmpago contra clientes dos bancos daquele bairro. Ontem, mais uma vítima dos bandidos viveu momentos de terror ao ser seqüestrada quando saía da agência do HSBC.

Ari Schmerski, de 28 anos, deixava o banco no começo da tarde quando sentiu um homem o empurrando. Era um rapaz branco, de bermuda e sem camisa. Logo em seguida, o comparsa dele, um homem moreno, abordou a vítima com uma pistola. A dupla obrigou Ari a entrar em seu veículo, o Kadett placas BFN-9629, de Quatro Barras. Sob a mira da pistola, Ari foi dirigindo o carro até um local conhecido como Barra do Capivari, entre Colombo e Bocaiúva do Sul. Os bandidos mandaram a vítima sair da estrada principal e pegar uma via secundária, chegando a um local ermo, no meio do mato.

Agressão

Foi então que Ari viveu os piores momentos. Depois de roubar a carteira da vítima, com o dinheiro que ele havia sacado no banco, talões de cheque e cartões de crédito, os marginais lhe desferiram uma coronhada na cabeça e ordenaram que descesse do carro e saísse andando sem olhar para trás. Com medo de ser baleado pelas costas, ele correu até alcançar a estrada principal, onde foi encontrado por uma equipe da TV Paranaense que passava no local. No carro da reportagem, Ari foi levado para a delegacia de Bocaiúva.

A polícia acredita que o local onde ele foi deixado têm sido usado freqüentemente pelos assaltantes, que depois de roubar, “depenam” o carro e levam a carcaça para desmanches. O Kadett de Ari foi encontrado pelos policiais ainda intacto.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas