Foto: Anderson Tozato

Jeferson correu, mas não resistiu. Outro rapaz foi levado pro hospital.

Quando comia carne com amigos na frente de um bar, na Rua Jussara, Sítio Cercado, Jeferson Ricardo de Souza, 22 anos, e outro rapaz foram baleados às 20h15 de ontem. Atingido por tiros na barriga, tórax e no braço, Jeferson ainda tentou salvar sua vida e entrar no estabelecimento, mas tombou morto. Seu amigo foi ferido na perna e encaminhado pelo Siate ao Hospital do Trabalhador. Os autores, que seriam dois homens, fugiram a pé.

Jeferson e seus amigos estavam na frente do bar desde as 19h. O rapaz morava no bairro e estava acompanhado de uma garota de 15 anos, que reside na Vila Oficinas, Cajuru. Por volta das 20h, ele emprestou sua motocicleta para um amigo.

Todos se divertiam quando dois homens usando capuz, blusas pretas e calça jeans se aproximaram. Cada um deles empunhava uma pistola. Um dos autores se dirigiu ao grupo e gritou: ?E aí, rapaziada!?. Em seguida, efetuou vários disparos. ?Acho que eles queriam matar o Jeferson mesmo. Nem deram bola para os outros?, comentou a adolescente. Ela garantiu que não conhece os criminosos.

Tiros

O dono do bar e a mulher dele, que estavam no estabelecimento no momento dos disparos, alegaram que nada viram e que Jeferson não estava no bar. O homem disse que assava carne, quando ouviu os tiros e a mulher contou que lavava a louça.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios. Investigadores estiveram no local, mas conseguiram apurar poucos detalhes para a identificação dos autores. Nos próximos dias, amigos e familiares de Jeferson deverão prestar depoimento na delegacia para fornecer detalhes sobre a vida da vítima e esclarecer se Jeferson estava sofrendo ameaças.