Tio de um rapaz acusado de liderar traficantes, em Curitiba, Aparecido Valdoir Felício Simões, conhecido como “Barba”, 49 anos, foi preso com mais de 150 quilos de maconha e um de cocaína, em Céu Azul, no oeste do Estado.

A abordagem aconteceu em um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na quarta-feira. O homem foi localizado após a prisão do sobrinho, Jonathan Lhano Simões, 23, no Sítio Cercado. De acordo com a polícia, os dois são responsáveis por trazer droga de Foz do Iguaçu.

Os entorpecentes estavam escondidos no tanque de combustível do caminhão Scania placa AAO-1737, dirigido por Aparecido. Além dos 181 tabletes de maconha, também foi encontrado um quilo de cocaína. O delegado Francisco Caricati, do 10.º Distrito Policial (Sítio Cercado), explicou que a droga vinha de Foz e era encomendada por Jonathan para ser distribuída em Curitiba. “Os dois agiam em parceria”, afirmou.

A prisão de Aparecido foi resultado de uma operação conjunta do 10.º DP, do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce) e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), de Cascavel.

Homicídios

De acordo com a polícia, Jonathan é acusado de assassinatos em Curitiba e região metropolitana. No começo da semana, ele foi preso por posse de arma e munição e também estava com mandado de prisão em aberto pelo homicídio de Pâmela Maria Derbli, 15, ocorrido em 2009, em Araucária.