Uma colisão frontal entre um jet ski e uma lancha deixou uma pessoa morta e outra desaparecida no Lago de Itaipu, no oeste do Paraná. O acidente aconteceu por volta das 23h da última terça-feira.

A vítima fatal foi a estudante Raquel Sleigman de Castilho, de 19 anos. Segundo o Corpo de Bombeiros de Foz do Iguaçu, a moça foi resgatada já sem vida, e o Instituto Médico Legal (IML) atestou que ela morreu vítima de traumatismo craniano, e não afogamento.

O condutor do jet ski, o fotógrafo Thonny Cantaleano, de 32 anos, está desaparecido. Na lancha, segundo os bombeiros, havia três pessoas que ainda tentaram resgatar o rapaz, mas não tiveram êxito.

Informações extra-oficiais dão conta de que Thonny estaria sem colete salva-vidas no momento do acidente. Outra informação não confirmada é de que o fotógrafo e Raquel participavam de uma festa no Iate Clube Lago de Itaipu, mas resolveram dar uma volta de jet ski durante a noite.

Até o final da tarde de ontem, quatro bombeiros faziam buscas no lago para tentar encontrar o homem, mas sem êxito. A Capitania Fluvial do Rio Paraná, ligada à Marinha do Brasil, vai investigar a ocorrência.

Na noite do acidente, os bombeiros fizeram uma busca superficial no local, já que durante a noite resgates como este ficam mais difíceis. A região do acidente fica na região das praias artificiais do lago de Itaipu.