Átila Alberti / Tribuna
Corpo do homem não-identificado estava
num cubículo de concreto, sob a ponte.

Um homem que não portava documentos foi encontrado morto debaixo da ponte sobre o Rio Barigüi, na Avenida Manoel Ribas, em Santa Felicidade, às 16h de ontem. O corpo foi localizado pelo funcionário da Cavo Lairton Costa Rosa, que fazia a limpeza do local e ao se deparar com a cena avisou a Polícia Militar. Segundo ele, o forte odor exalado chamou a sua atenção e ele resolveu verificar de onde vinha.

O cadáver estava em avançado estado de decomposição e apresentava ferimentos por toda a face e cabeça. O sangue coagulado impediu a perícia de determinar se o homem foi vítima de pancadas, disparo de arma de fogo ou arma branca. Exames complementares no IML irão determinar a causa da morte. De acordo com o perito, o cadáver já estava no local há pelo menos cinco dias.

Mistério

O andarilho estava deitado em um cubículo de concreto, num vão da ponte, lugar onde provavelmente costumava passar a noite. Segundo alguns curiosos e policiais militares que atenderam a ocorrência, o homem seria um cuidador de carros da região conhecido por “Pestana”. O motivo de sua morte ainda é um mistério, mas uma briga entre andarilhos pode ser uma das hipóteses. O soldado Edson, do 12.º BPM, acredita que a vítima não foi morta no local, apenas desovada. O corpo foi recolhido ao IML onde aguarda identificação.