Um soldado da Polícia Militar, a caminho do trabalho, baleou dois adolescentes dentro de um ônibus metropolitano, às 7h15 de ontem. Um garoto de 17 anos e uma menina de 14 tentaram assaltar o coletivo da linha Jardim Independência-Curitiba, prefixo 20123, pertencente à Auto Viação São José.

O PM estava fardado e sentado no fundo do ônibus. Durante o trajeto, ainda em São José dos Pinhais, os adolescentes mostraram armas de brinquedo ao cobrador e anunciaram o assalto. O policial deu voz de prisão, não obedecida, e então atirou na direção dos menores.

O rapaz levou um tiro na nádega e outro na mão, e a menina foi baleada de raspão nas costas. O PM disse não ter percebido, por causa da distância, que as armas não eram reais.

Há tempos os motoristas de ônibus – inclusive de empresas particulares sem ligações com a Prefeitura Municipal, reclamam dos freqüentes assaltos que estão sofrendo, muitos deles com violência, em São José dos Pinhais. Na noite de domingo passado, outro coletivo foi atingido por cinco tiros, também em tentativa roubo. As linhas mais distantes do centro são as preferidas dos criminosos, segundo denúncias de algumas das vítimas, que temem a ocorrência de mortes de funcionários das empresas a qualquer momento.