Quatro menores foram apreendidos por investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), no domingo, em situações distintas, na Vila Trindade, bairro Cajuru, e encaminhados à Delegacia do Adolescente. Três deles foram acusados de envolvimento em roubo e o quarto indivíduo foi preso por ter resistido à abordagem policial e atirado contra os investigadores.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, um jovem fez anúncio no jornal para vender um videogame. Por telefone, o comprador pediu para que o anunciante levasse o aparelho até o endereço dele, na Rua Mãe Menininha, Vila Trindade, para que o negócio fosse efetuado. Assim foi feito, porém quando o jovem chegou foi abordado por dois adolescentes armados, que roubaram o videogame.

Flagrante

Dias depois, um colega do assaltado também colocou o seu videogame à venda através de anúncio classificado e recebeu um telefonema com a mesma conversa. Como já havia sido alertado pela outra vítima do roubo, avisou os investigadores Osmair Henrique, Jasmael e Milsted, da DFR, que foram até a Vila Trindade e um deles se fez passar pelo vendedor do aparelho. Quando três adolescentes se aproximaram, o restante dos policiais fez a abordagem. Os ladrões, de 15, 16 e 17 anos, estavam portando um revólver calibre 32 e foram encaminhados à Delegacia de Adolescente. O primeiro videogame roubado foi recuperado pelos investigadores.

Numa outra situação, também na Vila Trindade, os policiais realizavam investigações referentes a roubos ocorridos na região, quando resolveram abordar uma dupla em uma motocicleta. Os motoqueiros empreenderam fuga em alta velocidade. O garupa da motocicleta, inclusive, sacou uma arma e passou a atirar contra os investigadores. Houve perseguição e o adolescente que efetuou os disparos foi apreendido portando uma pistola calibre 380. O condutor da motocicleta conseguiu fugir, mas já foi identificado pela polícia.