Um adolescente, de 16 anos, foi baleado no rosto, no centro de Curitiba, no início da madrugada de ontem. O crime aconteceu na esquina das Ruas Desembargador Westphalen e José Loureiro. Ele foi socorrido e está internado no Hospital Evangélico, sem risco de morte.

De acordo com atendentes do Siate, o adolescente estava em uma turma de aproximadamente oito pessoas, entre meninos e meninas. No local, ninguém soube dizer quem efetuou o disparo, nem por qual motivo.

Renato Cordeiro, conselheiro tutelar no Cajuru, contou que a mãe do garoto pediu ajuda ao Conselho, no começo do ano. O jovem estava envolvido com más companhias, não queria ir à escola e a mãe não conseguia “dar conta” do menino. O Conselho o encaminhou ao projeto Criança Quer Futuro, da prefeitura.

Liberdade

Normalmente, os jovens que participam do projeto têm problemas com drogas e possuem histórico de vivência na rua. À noite, os adolescentes são encaminhados a abrigos, mas não são obrigados a ficar por lá, a não ser por ordem judicial. O garoto baleado fugiu várias vezes, e já foi resgatado em Matinhos.

Há cerca de um mês, a mãe contou ao conselheiro que o garoto, e até mesmo ela, estavam sendo ameaçados. A Delegacia de Homicídios investiga o caso. O adolescente está com a bala alojada no rosto, mas não corre risco de morte.