Apesar das buscas realizadas durante o dia de ontem na Baía de Guaratuba, o Corpo de Bombeiros ainda não conseguiu localizar Cristiano Araújo Senes, 25 anos. Ele desapareceu no mar, após uma colisão entre o jetsky que pilotava e uma embarcação de passeio, fato ocorrido às 11h de sábado. O trabalho de busca tem continuidade na manhã de hoje.

O condutor da embarcação de passeio, o mestre-amador Antônio Cordeiro, 48 anos, prestou depoimento na delegacia de Guaratuba e foi indiciado em inquérito policial. Ele contou que a colisão ocorreu no Canal, quase em frente a marina Porto Estaleiro, e que fez todo o procedimento necessário para tentar evitar o choque, mas não foi possível. A embarcação – que não transportava nenhum passageiro no momento da batida – estava retornando do Iate Clube de Caiobá com destino a Marina Costa do Sol. Segundo o superintendente Roger, não há como apontar, a princípio, quem foi o culpado pelo acidente. As duas embarcações estão passando por perícia e a polícia espera o resultado do laudo para ter mais subsídios.

O superintendente afirmou que a vítima estava retirando um jetsky da marina onde trabalhava para transportá-lo para outro local quando se acidentou. Roger confirmou que as duas embarcações e seus respectivos condutores tinham os documentos necessários para desempenhar as funções.