Paulo César Ferreira, 26 anos, e Fernando José Bertollo Leite, 23, foram presos na noite de quarta-feira, por policiais militares, sob a acusação de homicídio. A dupla é apontada como responsável pelo assassinato de Airton Diniz Maia, 40 anos, espancado até a morte no bairro Araçatuba, em Piraquara, no mesmo dia. Paulo e Fernando foram encaminhados à delegacia local.

De acordo com os primeiros levantamentos realizados pela polícia, a morte de Airton está relacionada a desentendimento devido ao tráfico de drogas. Um dos acusados pelo espancamento, Paulo César, é viciado em drogas e já esteve internado, por diversas vezes, em clínicas para tentar a desintoxicação. Ele pode ter envolvimento no esquema de distribuição de entorpecentes na região onde ocorreu o assassinato. Segundo o superintendente Valdir Bicudo, traficantes locais já enviaram um recado: pretendem colocar Paulo em liberdade em breve, caso ele não consiga sair da cadeia através da intervenção de um advogado. O policial informou que as investigações continuam e que espera obter novas informações assim que familiares da vítima e presos sejam ouvidos.