Com mais de onze facadas, João Resende, 48 anos, foi assassinado em sua chácara, na localidade de Santa Rita, em Campo Magro. O autor do crime fugiu, após carregar o Gol da vítima com vários eletrodomésticos e eletrônicos, mas acabou capotando o carro e abandonando no local, terminando a fuga a pé.

João trabalhava na Secretaria Municipal de Educação de Almirante Tamandaré. Ele morava em Colombo, mas mantinha a chácara em Campo Magro, onde morava um caseiro. Por volta das 20h de sexta-feira, o caseiro Antônio e sua mulher ouviram o barulho do carro do patrão. Pouco depois, eles escutaram o Gol saindo novamente. Sem imaginar o que estava acontecendo, Antõnio e a mulher nem foram ver.

Ontem pela manhã, Antônio foi até a casa do patrão, situada a poucos metros da sua, e encontrou João retalhado por golpes de faca. Ao sair para avisar a polícia, o caseiro viu o carro do patrão carregado com os objetos da casa, capotado na estrada.

A polícia acredita que o criminoso foi levado até o local pela própria vítima, já que João Resende costumava levar amigos e colegas até o local. Ao chegar na chácara, o homem resolveu matar para roubá-lo.