O adolescente de 16 anos, suspeito de matar o médico João Carlos Romanus, em agosto de 2010, foi capturado na manhã de terça-feira, no Alto Maracanã, em Colombo. Ele tinha sido apreendido logo após crime, no entanto, escapou em abril de 2011.

Os investigadores do Alto Maracanã receberam denúncia de que um foragido da Justiça estava escondido numa residência, no Jardim Monte Castelo. Seguindo as indicações, localizaram o adolescente na casa de familiares, por volta das 10h. O jovem tinha um mandado de apreensão em aberto, por conta da fuga. Desde então, vivia se escondendo. Ele foi encaminhado à Delegacia do Adolescente.

Crime

Em 3 de agosto de 2010, o médico chegava em casa, no Alto da XV, quando foi abordado por três pessoas no portão. O trio fugia, já que momentos antes tinha assaltado um posto de combustíveis, na Rua Itupava, e precisava de um carro para escapar. Eles exigiram que o médico saísse do veículo e, mesmo obedecendo a ordem, a vítima foi morta com um tiro no peito, disparado pelo adolescente.