Brasília – As votações das MPs do novo modelo do setor elétrico foram novamente adiada no Senado. De acordo com o líder do Governo, senador Aloizio Mercadante (PT/SP), a intenção é votar as MPs amanhã.

O senador Delcidio Amaral (PT/MS), relator da MP 144, que trata das novas regras de venda de energia, ainda negocia pontos sobre o repasse dos custos da energia para as tarifas pagas pelo consumidor; o tratamento da energia velha e nova e o pedido de compensação das geradoras nas tarifas.

O líder do PMDB, senador Renan Calheiros (PMDB/AL), informou que além desses três pontos em aberto, parlamentares do Paraná, Tocantins e Rondônia também divergem de alguns itens contemplados no novo modelo.