enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Confronto?

Rapaz morre em ação da polícia e família contesta: “Ele não reagiu”

  • Por Lucas Sarzi
Juliandro Guimarães teria atirado contra a equipe que entrou na casa, mas a família nega e diz que o rapaz sequer reagiu. Foto: Colaboração.
Juliandro Guimarães teria atirado contra a equipe que entrou na casa, mas a família nega e diz que o rapaz sequer reagiu. Foto: Colaboração.

Um rapaz de 24 anos foi morto por uma equipe da Polícia Militar (PM) que cumpria mandados de busca e apreensão relacionados ao tráfico de drogas na manhã desta segunda-feira (4) em Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O relato dos policiais informa que Juliandro Guimarães teria atirado contra a equipe que entrou na casa, mas a família nega e diz que o rapaz sequer reagiu. O crime vai ser apurado.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

O confronto, como tratou a Polícia Militar (PM), aconteceu por volta das 6h20, quando a equipe, que cumpria alguns mandados de busca e apreensão, entrou na casa que fica na Rua Oiti, no bairro Eucaliptos. Conforme a tenente Thaís Becker, do 17º Batalhão, uma moradora liberou a entrada dos policiais, mas o jovem reagiu efetuando disparos. No revide, os PMs balearam Juliandro, que morreu na hora.

+Leia mais! Mulheres se escondem em banheiro de casa noturna, mas proprietário não escapa de atiradores

Ainda de acordo com a polícia, ao lado do corpo do rapaz foi encontrado um revólver, que foi apreendido. Os mandados, conforme informou a tenente, continuaram a ser cumpridos, mas só depois que o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico-Legal (IML).

Família rebate morte de rapaz

No local do crime, começou-se uma discussão relacionada a forma em que o confronto teria acontecido. Isso porque a família de Juliandro afirma que ele não reagiu a abordagem como foi informado pela polícia.

Essa situação, porém, vai ser apurada por uma equipe da Corregedoria-Geral da PM, que esteve na residência e já fez os primeiros levantamentos do local do crime.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Confusão entre policial aposentado e homem ciumento termina em morte na Grande Curitiba

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

2 Comentários em "Rapaz morre em ação da polícia e família contesta: “Ele não reagiu”"


Rafael Pilha
Rafael Pilha
2 meses 15 dias atrás

O dia que familiar de bandido for a favor da polícia o mundo acaba. Normal, segue o jogo !

Mário
Mário
2 meses 15 dias atrás

Tutti buona gente

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas