Leandro da Silva Catarina, de 27 anos, estava desaparecido há um dia e a família o encontrou da pior forma possível na manhã desta sexta-feira (2), Dia de Finados. O rapaz estava morto num matagal da Rua Lindomar Wenceslau Vieira, na Vila Icaraí, no bairro Uberaba, em Curitiba. Segundo a Polícia Civil, Leandro foi morto com vários golpes de faca.

O corpo do rapaz foi encontrado por moradores, numa área um pouco afastada do bairro. Conforme o delegado Osmar Feijó, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime tem evidências claras de um acerto de contas. “O rapaz tinha contra si três mandados de prisão e já tinha sido preso por roubo. Provavelmente nesse local, que é meio abandonado, poderia estar usando drogas com outras pessoas, ocorreu algum desentendimento e ele foi morto”.

+Leia também: Visita a cemitério de Curitiba é uma aula de história no Dia de Finados!

O jovem tinha várias marcas pelo corpo e a perícia da Polícia Científica constatou que foram várias facadas. “Ele levou de oito a dez golpes de faca. Um crime brutal, que agora vamos começar a investigar para tentar chegar aos autores”.

Conforme o delegado, além de suspeitar de um acerto de contas relacionado às drogas, a DHPP não descarta que o crime possa ter motivação por conta de algum desentendimento de Leandro de dentro do sistema prisional. “Mas suspeitamos que seja alguma confusão por conta de drogas mesmo. Familiares nos apontaram o apelido de um provável autor, mas isso agora vai ficar com a investigação para confirmar as informações”, detalhou Osmar Feijó.

O corpo de Leandro foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba. Informações que possam ajudar a DHPP nas investigações podem ser passadas pelo disque-denúncia que atende pelo telefone 0800-643-1121.

Pires.
Pires.

Acidente com ônibus biarticulado deixa três pessoas feridas no Novo Mundo