O suspeito de matar Adriana Machado dos Santos, de 29 anos, no último dia 2 de setembro, em Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) foi preso na última terça-feira (10), no Jardim Osasco em Colombo,  também na RMC. Guiverson Alexander Moreira da Silva Cabral, 23, é acusado de executar a vítima a pedido do ex-companheiro dela, Reginato Gonçalves Razoto, 35, que já estava preso desde a semana passada. O mandado de prisão contra Guiverson foi cumprido pela Polícia Civil de Bocaiúva, com a ajuda de um retrato falado.

+ Leia mais: Quiz – Você conhece os vereadores de Curitiba? Sabe quem é quem? Participe!

O mandado é de prisão temporária, expedido pela própria Comarca de Bocaiúva. Segundo a polícia, um retrato falado a chave para encontrar o suspeito. Guiverson Alexander tem passagens criminais, mas elas não foram divulgadas pela delegacia do município. Ainda de acordo com a polícia, o suspeito não tem residência fixa, nem ocupação lícita.

A partir da prisão de Guiverson, os detalhes do homicídio serão melhor apurados, informaram os policiais.

Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Segundo a polícia, o retrato falado foi a chave para encontrar o suspeito. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Canil com 82 cães de raça em situação insalubre é descoberto na Grande Curitiba