“A minha filha falou ontem que ia morrer. Hoje ela está aqui, morta”. O desabafo é de uma mãe que viu o assassino atirar mais de cinco vezes contra Adriana Machado dos Santos, de 29 anos, na manhã de terça-feira (3), no bairro Ribeirãozinho, em Bocauiva do Sul, Região Metropolitana de Curitiba.

A vítima relatava aos familiares que o ex-marido ameaçava constantemente de morte e que a família de Adriana sofreria junto. “Minha filha quase morreu enforcada e apanhava deste rapaz. Ele avisou que botaria fogo aqui em casa”, disse Ana Cândida, a mãe da vítima.

+Leia mais! Mãe dá o último abraço em filho vítima de briga entre vizinhos!

O crime

Segundo familiares, um homem com uma moto vermelha chamou Adriana no portão. O pai não conhecia o rapaz e chamou a filha. Quando ela deu atenção ao homem, foi baleada e morreu no terreno da residência.

Ex-marido no xadrez!

Reginato Gonçalves, considerado o mandante do assassinato já está preso na Delegacia da Polícia Civil de Bocaiuva. O autor segue foragido, mas existe a suspeita de que um colega de trabalho de Reginato tenha atirado.

Quíntuplos nascem cheios de saúde na Grande Curitiba