enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Apelido Sapo

Preso suspeito de atirar 13 vezes em rapaz que sobreviveu a dois atentados

  • Por Lucas Sarzi
Sapo foi presto nesta terça-feira (12). Foto: Reprodução

Rafael Rodrigues de Lara de Oliveira, conhecido como Sapo, foi preso pelos policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta terça-feira (12). Ele é apontado como um dos autores dos 13 disparos contra um rapaz, que mesmo tendo ficado por algum tempo internado, sobreviveu. Além de Rafael, Keulen Wendel dos Santos Diniz, e um adolescente, de 17 anos, também teriam envolvimento no crime.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo a polícia, o crime, que aconteceu em setembro de 2018, no bairro Cajuru, em Curitiba, foi motivado por vingança por conta de atividades ilícitas que todos os envolvidos praticavam. Eduardo Alves Weng estava em casa quando Rafael e Keulen entraram na residência e atiraram várias vezes. “Eles usavam duas armas e fugiram acreditando que teriam matado o rapaz, mas ele sobreviveu”, destacou o delegado Tito Barichello.

Hospitalizado, Eduardo teria reconhecido os dois jovens como os autores de sua tentativa de homicídio. “Ele, inclusive, já tinha sofrido outra tentativa em 2017, pelos mesmos autores. Ao todo, podemos dizer que a vítima já foi atingida por 25 tiros e continua viva, mas hoje ele está escondido num local seguro para não ser morto”.

+Leia também: Roberto Aciolli é condenado a cinco anos pela morte de homem, mas não ficará preso

O adolescente, que teria ficado no carro no dia do crime, foi apreendido. Rafael, conhecido como Sapo, foi preso depois de um trabalho de investigação da DHPP que conseguiu descobrir seu paradeiro. “Falta agora encontrarmos Keulen, que é um individuo perigoso e que oferece risco a outras pessoas também, por isso a divulgação da foto dele”, reforçou o delegado.

Apesar de não entrar em detalhes sobre qual atividade ilícita os envolvidos praticavam, o delegado disse que este seria o real motivo do crime. “Foi um desentendimento comercial devido a essa atividade ilícita que tanto a vítima como os autores praticavam, mas não podemos entrar em detalhes principalmente porque a vítima continua viva”. O telefone da DHPP, para ajudar nas buscas por Keulen, é o 0800-643-1121.

Keulen é considerado perigoso e está foragido. Foto: Reprodução

Keulen é considerado perigoso e está foragido. Foto: Reprodução

Curitiba ajuda gente sem condições financeiras a voltar para sua terra natal

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

5 Comentários em "Preso suspeito de atirar 13 vezes em rapaz que sobreviveu a dois atentados"


Adilson
Adilson
9 dias 5 horas atrás

Todos esses aí se morrerem farão um favor a sociedade!

wyldner Junior
wyldner Junior
9 dias 6 horas atrás

Lixo tentando matar lixo……….e o Sapo feio ainda vai ficar com o K na mão por não ter feito o serviço…….lixarada

REINALDO  .
REINALDO .
9 dias 8 horas atrás

Que pena essa notícia, pensei que fosse menos um CPF

Bifur Kassao
Bifur Kassao
9 dias 8 horas atrás

Lixo x Lixo. Deveriam ter deixado se materem reciprocamente!!!!

Rafael Pilha
Rafael Pilha
9 dias 8 horas atrás

Traficantes acertando as contas, deveria ter deixado se matarem !

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas