Uma ocorrência inusitada deixou uma equipe da Guarda Municipal de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, com o sentimento de dever cumprido ainda mais forte. Na tarde de segunda-feira (25), a equipe encontrou uma mochila com dez passarinhos presos dentro de uma garrafa pet e outros três dentro de uma caixa de leite. A ocorrência aconteceu durante patrulhamento na Rua Hélio Thomas, no bairro Jardim Independência.

Leia + PM de folga salva taxista de carro em chamas em Antonina

O guarda Jacomel, que atendeu a ocorrência, explica que a equipe ficou chocada com a crueldade cometida pelos rapazes que estavam com a mochila. “Quando eles viram a viatura, largaram a mochila e correram para o mato. Quando encontramos os passarinhos ficamos abismados com a capacidade do ser humano em fazer uma coisa dessa”, conta o guarda municipal que está há 10 anos na corporação.

+Bichos! Veja mais sobre o mundo Pet na coluna Mania Animal!

Os passarinhos das espécies trinca-ferro, coleirinho e tico-tico estavam divididos entre uma garrafa pet, com sete espécies, e outros três em uma caixa de leite. “Infelizmente um deles que estava na garrafa morreu sufocado”, lamenta o guarda.

A GM também encontrou uma armadilha dentro da mochila, que possivelmente foi usada na captura dos pássaros. A arapuca foi destruída.

Ocorrência especial

Jacomel conta que a ocorrência marcou muito a equipe. “Foi inusitado. Trabalhamos correndo atrás de bandidos, traficantes e homicidas. São passarinhos que cantam e que possivelmente seriam vendidos. Ficamos com dó dos bichinhos”, disse. Todos foram libertados novamente para a natureza.

Em sua página profissional no Facebook, Jacomel mandou um recado para quem de certa forma está envolvido com a crueldade de animais. “Lugar de passarinho não é dentro de uma garrafa pet ou numa caixa de leite. Liberdade aos pássaros. Lembre-se que é crime ambiental caçar aves da fauna silvestre”, destaca.

Foto: Colaboração/GM São José dos Pinhais.
Foto: Colaboração/GM São José dos Pinhais.

 

Quais são os feriados prolongados de 2020?