Uma mulher, grávida de oito meses, foi baleada na cabeça, por volta das 20h desta terça-feira (20), na Vila Uberlândia, bairro Novo Mundo, em Curitiba. Marcela Ribeira dos Santos, 32 anos, estava em casa quando foi surpreendida pelo atirador.

Depois de ser atingida, ela foi socorrida por um cunhado e levada de carro até o Hospital do Trabalhador, no bairro Portão. Segundo funcionários do hospital, o estado de saúde de Marcela era gravíssimo, por isso, foi necessário fazer um parto de emergência.

O filho dela nasceu e rapidamente foi encaminhado para a UTI neonatal do hospital. Diversos familiares da mulher foram ao local para acompanhar o atendimento dela e ter notícias do bebê.

Segundo Divair dos Santos, mãe de Marcela, o crime pode ter sido motivado por dívida de drogas. “Quando cheguei, ela estava no chão e o cunhado dela a pegou para levar ao hospital. Sabemos quem atirou nela. Pelo que me disseram, foi por causa de droga”, relatou.

Conforme o relato de Divair, o marido de Marcela, e pai da criança, foi assassinado no fim de maio, pela mesma pessoa que atirou na gestante. O homem estava perto de um bar quando foi morto. Um adolescente que estava por perto também foi baleado.

Os parentes de Marcela conversaram com policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que estiveram no Hospital do Trabalhador para dar continuidade as investigações.