O Corpo de Bombeiros foi acionado no início a tarde desta sexta-feira (24) para atender uma ocorrência incomum. Segundo os solicitantes, o corpo de uma mulher envolto em pneus e tecidos estava em chamas no Condomínio Serra do Mar II, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba.

Conhecido como “Condomínio da Morte”, o local já é famoso pelo grande número de crimes registrados lá. No entanto, essa é a primeira vez que dois caminhões de bombeiros são necessários para atuar na cena de crime, apesar de já ter havido outra tentativa de incendiar uma vítima anteriormente.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi queimada atrás do salão de festas do residencial, onde quatro homens armados teriam feito um “microondas” com o corpo ao atear fogo dentro da pilha de pneus e queimar a vítima com a borracha derretida “assando” a pessoa.

Mais de dez tiros

No entanto, testemunhas afirmam que a mulher já estava morta quando a situação macabra aconteceu, pois moradores ouviram mais de dez tiros no local por volta de 1h30 da manhã.

As equipes do Instituto de Criminalística e a equipe do Instituto Médico Legal de Curitiba (IML) foram acionadas para fazer perícia no local, e a Delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso enquanto a PM busca os autores.

Perseguição

Um dos suspeitos da morte brutal da mulher foi morto pela PM. Foto: Colaboração/Cristiano Vaz
Um dos suspeitos da morte brutal da mulher foi morto pela PM. Foto: Colaboração/Cristiano Vaz

Durante as buscas com apoio aéreo, a polícia encontrou alguns suspeitos próximo ao residencial. Na abordagem, houve troca de tiros e um suspeito morreu no confronto. A identidade da vítima ainda não foi divulgada.