Uma operação envolvendo mais de 160 policiais, entre agentes do Bope, cavalaria e até mesmo em um helicóptero, tomou o condomínio Serra do Mar, no bairro Rio Pequeno, em São José dos Pinhais, na manhã desta sexta-feira (12). O local é considerado um dos pontos críticos da cidade quando o assunto é violência.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), desde que o conjunto de apartamentos foi inaugurado, já foram registradas 8 mortes, sendo algumas resultantes da briga de gangues e outras de confronto com a PM. Por conta do histórico e também de denúncias recentes, a polícia iniciou uma investigação para tentar desmantelar o tráfico de drogas que toma conta do lugar.

Dos 550 apartamentos, 25 foram alvo da operação e tiveram mandados de busca e apreensão executados. No total, 11 pessoas foram presas, além de um revólver calibre 38, um revólver caseiro calibre 20 e uma espingarda de pressão. Os policiais apreenderam também munição, dois coletes balísticos e duas balanças de precisão.

Foto: Divulgação/Polícia Militar.

Tráfico

A investigação da PM apontou que, atualmente, os traficantes atuam como “síndicos” no residencial. Moradores denunciaram que entre os abusos dos bandidos estão a cobrança de “pedágio” e a lei do silêncio. “Essa operação foi feita após denúncia da população. Tem muita gente de bem ali, mas o povo tem medo de falar e sofrer represália”, comentou o capitão Periguary, do 17° Batalhão, responsável pela ocupação.

Como muitos moradores do condomínio foram relocados de áreas de risco, como invasões, os traficantes os obrigam a vender o imóvel a um valor baixo e passam a exigir uma espécie de aluguel para que os moradores não precisem deixar o apartamento.

Somente nos apartamentos vistoriados pela polícia foram encontradas 115g de cocaína, 40g  de maconha e também pé de maconha.

Pacificação

A presença dos policiais dentro do condomínio deve acontecer por mais alguns dias, segundo a PM. Além disso, a Guarda Municipal (GM) também irá atuar na região para impedir que traficantes e bandidos retomem o controle do conjunto.

Foto: Divulgação/Polícia Militar.