Após sete anos de serviços na Polícia Civil do Paraná, Shiva agora vai descansar na aposentadoria. A cadela farejadora da raça pastor belga mallinois que atuava na Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) agora vai morar na casa de uma família em Curitiba. Apesar do novo lar, Shiva não vai perder contato com o antigo trabalho: a selecionada para receber Shiva é a escrivã da polícia Michelle Cristina Cortes Ferracini.

+Mania Animal! Curte o mundo PET? Leia mais na coluna Mania Animal!

A família de Michelle foi escolhia a partir de um processo seletivo interno aberto em agosto pela Polícia Civil para acolher Shiva. Um dos critérios para que os membros da corporação abrigassem a cadela era ter espaço no novo lar, exatamente o que não vai faltar para Shiva na casa de Michelle.

Policial Eduardo Jabour Antonine com a nova família de Shiva, da escrivã Michelle Ferracini. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Shiva conheceu o novo lar na última sexta-feira (29). E assim que chegou, guiada pelo seu antigo parceiro, o policial civil Eduardo Jabour Antonine, mostrou que ainda tem o instinto policial. De imediato, ela começou a farejar a área para reconhecimento do terreno. “Meu filho gosta tanto de cachorro e eu tenho um quintalzão. Então pensei, vou me inscrever”, afirma Michelle sobre o processo seletivo.  

Carreira na Polícia Civil

Shiva vivia desde os três meses no canil da polícia. Ela chegou à corporação doada por um adestrador. Desde filhote, Shiva iniciou o treinamento para auxiliar a polícia no combate ao tráfico de drogas.

Shiva foi peça-chave de diversas operações contra o tráfico de drogas em todo o Paraná. A cadela tinha faro aguçado para encontrar pequenas quantidades de drogas, muitas vezes as mais difíceis de serem encontradas por serem escondidas mais facilmente.