A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta segunda-feira (23) que com o aprofundamento das investigações sobre a máfia do jogo será "delineado" um "modelo institucional" dos jogos de azar no Brasil. "Eu não acho que seja uma questão tão simples assim a relação do bingo com o crime organizado e a lavagem de dinheiro. E acho que os últimos acontecimentos da Polícia Federal evidenciam isso. É óbvio que na medida em que se aprofundarem as investigações um modelo institucional para a questão dos jogos de azar vai ser delineado no Brasil", afirmou, após encontro com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, no Palácio das Mangabeiras.

Dilma fez questão enfatizar que "parcelas muito minoritárias e segregadas" do Judiciário tiveram envolvimento com o esquema.