A balança comercial teve saldo de US$ 1,301 bilhão na terceira semana de maio, o melhor resultado do ano, perdendo apenas para o da terceira semana de abril, quando o superávit foi de US$ 1,238 bilhão.

As exportações na terceira semana de maio somaram US$ 3,330 bilhões (média diária de US$ 666 milhões) e as importações ficaram em US$ 2,029 bilhões (média diária de US$ 405,8 milhões).

O saldo acumulado no mês passa a US$ 2,704 bilhões, com exportações de US$ 8,568 bilhões e importações de US$ 5,864 bilhões. No ano, o saldo acumulado atinge US$ 15,690 bilhões, com exportações de US$ 55,019 bilhões (média diária de US$ 579,1 milhões) e importações de US$ 39,239 bilhões (média de US$ 414 milhões).

Na comparação com o da semana anterior, o saldo da terceira semana foi 51,63% maior e, em relação ao mesmo período do ano passado, quando o saldo foi de US$ 433 milhões, o crescimento foi de 200,4%.

Na comparação com os dados de maio de 2006, a média das exportações aumentou 40%, enquanto a média das importações teve crescimento um pouco menor: 36,1%.

A média das exportações aumentou 5,9% em relação à do mês passado e a das importações, 9,4%.

No acumulado do ano, o superávit de janeiro a maio registrou um crescimento de 5,7% em relação ao resultado do mesmo período de 2006. As exportações no período cresceram 19,7% e as importações 26,4%.