A torcida do São Paulo vai ter de esperar mais um pouco para ver o atacante Ricardo Oliveira com a camisa do São Paulo. O jogador, recuperado de uma cirurgia no joelho, treinou normalmente na quinta-feira, mas sentiu dores no local e nem apareceu para o treinamento desta sexta, no CCT da Barra Funda. Assim, o médico José Sanchez achou melhor vetá-lo para o jogo contra o Santa Cruz, neste sábado, no Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Para não causar preocupação, o médico do clube ressaltou que as dores são normais para alguém que está voltando depois de uma recuperação de mais de seis meses. "É uma situação natural. Esta dor normalmente é até maior em atletas pós-operados. Tiramos o Ricardo do treino por precaução. Não é um treino que vai fazer muita diferença para ele. Então decidimos poupá-lo", disse Sanchez. A expectativa agora é que Ricardo Oliveira faça sua estréia apenas no clássico contra o Corinthians, no dia 7, no Pacaembu, pelo Brasileirão.

Na tentativa de se recuperar no campeonato nacional – perdeu para o Fortaleza na última rodada -, o treinador Muricy Ramalho já afirmou que vai escalar o que tiver de melhor contra o Santa Cruz. Como o jogo contra o Palmeiras, pela Copa Libertadores, será apenas na quarta, o elenco terá um dia a mais para se preparar para o clássico que vale vaga nas quartas-de-final da competição continental.