Aproveitando o Dia Mundial de Combate ao Abuso e à Violência Sexual contra a Criança e o Adolescente, o governador Roberto Requião assinou hoje a liberação de R$ 14,6 milhões do Fundo Estadual de Infância e Adolescência, em cerimônia no Palácio Iguaçu, em Curitiba. Os recursos serão empregados em projetos do próprio governo, gerenciados pelo Instituto de Ação Social do Paraná (IASP), e dos municípios, que receberão o repasse conforme os critérios do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente (Cedca).

A Secretaria de Estado da Segurança Pública também anunciou hoje a criação de uma delegacia especializada em crimes contra essa parcela da população. “Nós temos várias frentes de trabalho e uma delas é o combate contra a prostituição e abuso infantil. O núcleo é pioneiro no Brasil e serve de modelo para outros estados”, afirma o secretário Luiz Fernando Delarazi. O combate a esse tipo de crime será feito em uma estrutura interligada em todo o Estado e com sedes em Curitiba e Foz do Iguaçu. “Vamos combater esses crimes de forma pesada e também cuidar das vítimas. Estamos pensando no futuro das crianças do Paraná”, declara Delazari (leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná).