Arquivo
governo120208.jpg

Briga entre governador e imprensa parece não ter fim.

O governador Roberto Requião (PMDB) voltou a comandar a reunião semanal com seus secretários nesta terça, na chamada "Escola de Governo", exibida pela Rádio e TV Educativa do Paraná (RTVE), após toda a polêmica envolvendo a decisão do desembargador Edgard Lippmann Júnior, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Na reunião, Requião disse que iria respeitar a decisão da Justiça, mas logo em seguida deu uma indireta ao dizer que "os inteligentes espectadores da TV Educativa sabem muito bem o que eu estou sentindo". O governador voltou a brigar com a imprensa paranaense e disse que é perseguido principalmente pelas emissoras de rádio.

Devido a não-obediência da decisão da justiça e aos ataques ao desembargador, a RTVE é obrigada a apresentar, a cada uma hora, uma nota de desagravo contra Requião. A queda-de-braço entre o governo do Paraná e ao TRF da 4ª Região deve tomar rumos finais no dia 20 de fevereiro, quando sai a decisão das restrições de uso da RTVE.