Participam de almoço convocado pelo presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati, a bancada do partido, e, possivelmente, outros integrantes da oposição no Senado. Os oposicionistas querem exigir o afastamento de Renan Calheiros da Presidência e prometem obstruir os trabalhos no plenário do Senado.

Ontem à noite, depois de ser absolvido pelo plenário do Senado, Renan Calheiros telefonou a vários senadores do PSDB, DEM e PDT, mas não deu sinais de que pretende se licenciar da presidência. "Vamos para frente", disse Renan a vários interlocutores.

Renan ganhou no plenário com a ajuda de oposicionistas uma vez que não teria apoio suficiente em seu partido para obter 40 votos contrários à sua cassação, sem contar as seis abstenções que foram decisiva para impedir a cassação de seu mandato.