O deputado federal José Guimarães (PT-CE) disse hoje que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva interferirá na disputa à prefeitura de Fortaleza para evitar que os aliados se dividam na próxima eleição municipal. “O presidente Lula não deixará a aliança se quebrar”, declarou o deputado, que está costurando a manutenção da aliança no Estado, em uma união que vem enfrentando graves problemas. Apesar de haver decisão de que o nome que encabeçará a chapa em Fortaleza é do PT, o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT) não se entendem sobre quem será o candidato. Há cinco pré-candidatos.

No dia 10 de março, segundo o deputado, o presidente do PT, Rui Falcão, desembarcará em Fortaleza para dar prosseguimento aos entendimentos com o PSB, evitando qualquer tipo de rompimento. “Os presidentes do PT e do PSB, Rui Falcão e Eduardo Campos, estão indo aos Estados pacificar onde há problemas. Já estiveram, por exemplo, em Bmelo Horizonte”, comentou Guimarães, ao informar que é intenção do partido anunciar o “nome de consenso” até o dia 17 de março. Ele não quis opinar, no entanto, que nome seria esse.

“Nós vamos trabalhar para manter a aliança entre o governador Cid Gomes e o PT. Essa tensão é natural, é própria da eleição e a presidente Dilma não se envolverá nisso. Só o presidente Lula”, declarou o deputado. Ele disse que as conversas de bastidores hoje entre os aliados foram todas normais, sem qualquer tipo de problema. “Até o dia 17 temos boas condições de construir uma unidade e pacificar os partidos”, comentou.

Diante do questionamento da imprensa sobre a possibilidade de um rompimento entre PT e PSB, Guimarães respondeu: “Como vamos romper uma aliança destas que está dando certo para o Ceará? Só um louco poderia pensar nisso. A aliança será mantida e nós vamos trabalhar muito para manter PT, PSB, PMDB e PCdoB juntos, para não se distanciarem em Fortaleza. Se não fizermos isso, estaremos dando um tiro no pé. Se distanciarmos, desagrega o projeto de constituir a ideia da aliança nacional”.

O deputado Guimarães disse que “é natural” que o presidente Lula interfira na eleição de Fortaleza. “Ele interfere até na escolha da liderança da bancada. Imagina se não vai interferir na eleição de Fortaleza? Lula é comandante e será sempre a maior liderança do PT”, disse o deputado.

Para Guimarães, a prova de que a situação está bem encaminhada é a presença da prefeita Luizianne e do governador Cid Gomes no mesmo palanque, ao lado da presidente Dilma. Havia rumores de que Luizianne não iria à cerimônia realizada hoje de inauguração de uma estação do metrô porque era uma obra de Cid Gomes e que o governador não iria ao projeto Vila do Mar, de construção de casas populares na grande Fortaleza, “menina dos olhos” da prefeita.