Até agora o governo não explicou por que adiou o anúncio dos nomes escolhidos para alguns dos ministérios. A previsão era de que os indicados para o Ministério da Fazenda, do Planejamento e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) fossem conhecidos nesta sexta-feira, 21, depois do fechamento do mercado financeiro.

Após ter decidido adiar o anúncio, a presidente Dilma deixou o Palácio do Planalto, onde discutia sobre seu novo ministério, seguindo para o Palácio do Alvorada, residência oficial. A informação do Planalto é de que a presidente deva permanecer nesta sexta-feira, no Alvorada e não há, ainda, previsão de reuniões durante o final de semana.