O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, disse nesta segunda-feira, 08, ao sair de um encontro com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que a série de reportagens do jornal O Globo, revelando espionagem norte-americana no Brasil, não reflete de maneira correta o programa de segurança do governo dos Estados Unidos. O embaixador afirmou que o governo norte-americano está prestando todos os esclarecimentos solicitados pelo governo brasileiro.

Ele afirmou, ainda, que esteve ontem, domingo, 07, com o secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Eduardo dos Santos. Hoje, além de Paulo Bernardo, Shannon deve conversar também com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, general José Elito.

Reportagens do jornal O Globo afirmam que Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês), monitorou, na última década, milhões de telefonemas e correspondência eletrônica de pessoas residentes ou em trânsito no Brasil. A informação foi revelada pelo ex-analista da NSA Edward Snowden. De acordo com o texto, o País aparece em destaque nos mapas da NSA como prioridade no tráfego de telefonia e dados, ao lado da China, Rússia, Irã e Paquistão.