O Plenário pode concluir hoje a votação dos destaques para votação em separado ( DVS) à MP 288/06, que reajustou o valor do salário mínimo de R$ 300 para R$ 350 em 1º de abril. Os deputados aprovaram ontem o parecer do relator, deputado Vignatti (PT-SC), que recomendou a aprovação do texto do Executivo. O primeiro DVS votado, sobre emenda do deputado Pauderney Avelino (PFL-AM) que pedia um salário mínimo de R$ 375, foi rejeitado por 177 votos a 164 e 2 abstenções. A maior parte das emendas oferecidas ao texto propõe reajuste maior para o mínimo.